Esporte

13/12/2016 08:52

Goleiro Follmann ficou aliviado ao pousar no Brasil, diz médico da Chapecoense

Duas semanas após ser vítima de um acidente aéreo com o time da Chapecoense na Colômbia, o goleiro Jackson Follmann ficou aliviado ao pousar no Brasil, segundo o ortopedista da Chapecoense, Marcos Nagli. O voo que trouxe o jogador deixou Medellín na tarde de segunda-feira (12) e fez uma escala em Manaus às 20h30, chegando a São Paulo já na madrugada de terça-feira (13).

"Ele não tinha expressão. A única coisa que eu vi foi que ele soltou o ar. Ele estava segurando na hora do pouso e, quandou pousou, ele soltou um pouco o ar. Então, sem dúvida, uma sensação de alívio", afirma Nagli. Segundo o médico, o goleiro ficou acordado durante todo o trajeto.

O avião, equipado com uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pousou no Aeoporto de Congonhas à 0h20. Um dos seis sobreviventes do acidente aéreo que matou 71 pessoas no fim de novembro na Colômbia, o jogador de 24 anos teve parte da perna direita amputada e irá seguir tratamento no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital.

O jogador foi levado para o hospital de ambulância e chegou ao complexo cerca de 1 hora após seu avião pousar em São Paulo.

Follmann teve a perna direita amputada na terça-feira devido à gravidade das lesões (Foto: Andre Penner/AP)Follmann teve a perna direita amputada na terça-feira devido à gravidade das lesões (Foto: Andre Penner/AP)

Follmann teve a perna direita amputada na terça-feira devido à gravidade das lesões (Foto: Andre Penner/AP)Follmann deverá fazer uma cirurgia delicada para corrigir uma fratura na coluna cervical, em uma das vértebras. "Toda cirurgia tem um risco calculado. E nós queremos que esse risco calculado seja extremamente baixo. Por isso, tomamos as melhores decisões e usamos os melhores equipamentos possíveis. Por isso estamos aqui", disse o ortopedista da Chapecoense no Hospital Albert Einstein.

Follmann veio a São Paulo acompanhado ainda da noiva. No domingo (4), Follmann gravou um áudio para amigos e família. O conteúdo foi divulgado pelo programa Fantástico, da Rede Globo. No áudio, o jogador tranquiliza a todos e promete melhorar em breve.

Outras duas vítimas do acidente com o voo da Chapecoense, o jornalista Rafael Renzel e o jogador Alan Ruschell chegam a Santa Catarina na noite de terça-feira. Ainda não há previsão para que o zagueiro Neto, que ainda está internado na Colômbia, retorne ao Brasil.

O ortopedista da Chapecoense afirma que recuperação das quatro vítimas é como a necessidade de vencer um jogo por 4x0.

FONTE: Por G1 São Paulo


© 2003 -2017  Direitos reservados  Jipafest.com                                                                           

E-mail

Contato

 (69)-9-9293-2598 

 

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo