Esporte

21/12/2016 09:13

Praia quer entrega e poder de decisão aguçado para bater o Rio na Superliga

Fabiana pede ataque forte e coração em quadra na partida, que deve ter "erro zero". Picinin diz que time deve saber o momento certo de definir diante do Rio de Janeiro

 

A última rodada do primeiro turno da Superliga Feminina reserva o jogo entre os atuais finalistas da competição nacional. Praia Clube e Rio de Janeiro se enfrentam nesta quarta-feira, em Uberlândia, e encerram o calendário do ano de 2016. Defendendo a liderança, o Rio de Janeiro tem todo o histórico a seu favor: nunca perdeu para o time mineiro em 19 confrontos – 17 deles, pela Superliga. Retrospecto à parte, o Praia tenta a primeira vitória contra o time de Bernardinho para continuar na parte de cima da tabela. 

Para isso, a central Fabiana pediu agressividade no setor de ataque e espera que todas as jogadores se entreguem por completo à partida. O saque inicial será às 21h55, na Arena Praia, com transmissão do SporTV. Os portões serão abertos ao torcedor em 1h antes da partida e a entrada é gratuita.

Praia Clube Vôlei Arena Praia Uberlândia (Foto: Praia Clube/Divulgação)Ricardo Picinin quer Praia Clube com poder decisão aguçado contra o Rio de Janeiro (Foto: Praia Clube/Divulgação)

– Realmente é um jogo em que você tem que jogar com o coração. Contra o Rio você tem que jogar bem taticamente, e quanto menos você errar melhor. O time delas não erra. Você tem que aproveitar todas essas oportunidades e ser bem agressivo durante toda a partida. A arma poderosa mesmo será o nosso saque e a nossa defesa, até porque do outro lado tem grandes atacantes. É um jogo mais de paciência que precisa de uma boa defesa e um bom saque para a bola não chegar boa na mão da levantadora – analisou.

O discurso do técnico Ricardo Picinin também está alinhado ao da central. Para ele, o time tem que sacar bem para forçar o erro do Rio do Janeiro. Além disso, pede um poder de decisão aguçado nesta quarta-feira.

– O nível de atenção tem que estar altíssimo, para que você oscile menos durante o jogo. O Rio é uma equipe muito consistente, um time duro. Temos que ser fortes, sacar bem, com boa relação entre bloqueio e defesa. Temos que saber também o momento de definir o jogo, de arriscar. Nosso time é maduro e muito preparado para isso. É saber o momento de fazer algo diferente e de fazer o básico muito bem feito, para pressionar a equipe deles.

FONTE G1


© 2003 -2017  Direitos reservados  Jipafest.com                                                                           

E-mail

Contato

 (69)-9-9293-2598 

 

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo