Saúde&Beleza

09/11/2016 08:53

Novembro azul: quais exercícios fazer depois de tratar um câncer de próstata

De acordo com estudos científicos, a prática regular de exercícios é capaz de reduzir risco de desenvolver a doença. A atividade física também é benéfica após tratamento

Como todo especialista em Medicina do Esporte, procuramos também descobrir os problemas da próstata, cujo câncer e complicações clínicos consequentes são duas das principais causas da mortalidade nos homens. O objetivo deste artigo é esclarecer a ligação entre exercício físico e o risco de câncer de próstata, além de indicar quais exercícios fazer depois de um tratamento. 

+ Depende de você: alimentação pode
ser inimiga ou aliada contra o câncer 

Dezenas de pesquisas mostraram uma associação entre a prática regular de esporte ou exercício físico com uma sensível queda no risco de câncer de próstata. Mais da metade desses estudos relataram uma associação entre a diminuição do risco de câncer de próstata e os níveis elevados de atividade física. Essa redução foi, do ponto de vista estatístico, muito significativa, chegando a uma redução que variou de 10% a 30%. A capacidade de exercício para equilibrar os níveis de hormônios que evitam a obesidade, aumentar a função de defesa imunitária e reduzir a agressão de substâncias oxidantes têm sido considerada como um dos mecanismos que podem estar agindo como efeito protetor.

O exercício também pode ser benéfico em homens submetidos a tratamento para câncer de próstata com cirurgia, rádio e quimioterapia. Além disso, mais pesquisas testaram se os programas de exercício físicos e esportes reduziriam o risco de câncer do reto e de próstata, e confirmaram este benefício em reduzir a incidência dessas terríveis doenças. Mas atenção: esportes que produzem traumas crônicos na pelve masculina, como o ciclismo, têm incidência aumentada de seus problemas, o que torna necessários periódicos e detalhados exames da próstata.

+ Vai começar a se exercitar? Passar por avaliação médica é fundamental 

Depois do tratamento? Em geral deve-se aguardar 12 meses para iniciar os exercícios físicos ou esportes, sem pressa e em programa supervisionado por profissional de educação física, depois de avaliação médica especializada. Deve-se procurar chegar a um estilo de vida saudável, ou seja, com bom condicionamento aeróbico, correção da possível incontinência urinária e disfunção eréctil, tudo para atingir a melhor qualidade de vida. 
Depois dessas fases, logicamente a recomendação é continuar indefinidamente a pratica de atividades físicas regulares ou mesmo esportivas, nas modalidade corridas ou natação. O ciclismo é esporte controverso e depende da palavra do urologista que acompanha o paciente tratado de um câncer ou da comum hipertrofia benigna da próstata.
+ Exames médicos simples podem prevenir mortes em corridas longas

Note-se que o exercício físico e esporte sempre estão na linha de frente da prevenção e tratamentos do câncer, seja de reto, de mama ou de próstata
*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com

EuAtleta Nabil Ghorayeb Cardiologia Especialista (Foto: EuAtleta)


NABIL GHORAYEB
Formado em medicina pela FM de Sorocaba PUCSP, Doutor em Cardiologia pela FMUSP , Chefe da Seção CardioEsporte do Instituto Dante Pazzanese Cardiologia, Especialista por concurso em Cardiologia e Medicina do Esporte, Médico Sênior do Grupo Fleury Medicina e Saúde, Coordenador da Clínica CardioEsporte do HCor, CRM SP 15715 , Prêmio Jabuti de Literatura Ciência e Saúde. www.cardioesporte.com.br    

FONTE:

OGLOBOESPORTE

Por Nabil GhorayebSão Paulo


© 2003 -2017  Direitos reservados  Jipafest.com                                                                           

E-mail

Contato

 (69)-9-9293-2598 

 

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo